Blog

A utilização de fertilizantes naturais como alternativa aos químicos

O Brasil,  sendo uma grande potência mundial na produção agrícola, possui uma grande demanda por fertilizantes para suprir toda a sua produção. Em breve, podemos passar por uma crise no abastecimento de fertilizantes químicos, devido a crises energéticas em países exportadores, além de outros fatores que influenciam no aumento do custo destes produtos Esta situação pode causar complicações nas plantações de alimentos, gerando o aumento nos valores de determinados produtos. Por isso, o investimento na agricultura orgânica traz o adubo verde como alternativa aos fertilizantes químicos, agregando um viés sustentável à agricultura, além de possibilitar ao agricultor a possibilidade de criar seu próprio banco de sementes.

Além de reduzir custos com insumos, os fertilizantes sustentáveis são recursos que proporcionam redução do uso de fertilizantes químicos e evitam a degradação do solo e o esgotamento de nutrientes.  Da mesma forma, os adubos verdes são, basicamente, plantas com características que garantem a conservação de organismos vivos responsáveis pela fertilidade do solo. Espécies como, por exemplo, as leguminosas têm alto poder de fixação do nitrogênio, o que prepara a terra para o cultivo de outras culturas.

Para a plantação de milho e algodão recomenda-se a utilização de guandu, como mobilizador de nutrientes e recuperador de solos cansados. Ademais, temos as seguintes alternativas:

Inoculação de microorganismos 

Promove o crescimento de plantas de rúculas e feijão. Ou seja,  são introduzidas bactérias não patogênicas, que não causam doenças, em plantas, com o objetivo de proporcionar um melhor desenvolvimento, de forma mais barata e com menos impacto ambiental. A atividade não possui relação com transgenia, já que não modifica o DNA dos vegetais. Essa alternativa possibilita economia com a adubação nitrogenada.

Fixadores por Nitrogênio 

Ùma possibilidade de promover a fixação dos nutrientes nas plantas, por meio do uso de forrações, promovendo uma adubação de maneira natural e sustentável. Como sua principal característica a forrageira URS BRS Mesclador apresenta consistência na produtividade ao longo do ano, além de resistência às condições ambientais. Assim, é uma cultura alternativa aos fertilizantes químicos pela sua alta competência de fixação de nitrogênio. 

Fertilizantes Orgânicos

Capazes  de serem aplicados em grande escala, os fertilizantes orgânicos geralmente são feitos de resíduos de origem vegetal, animal, urbana e até mesmo industrial, tendo a capacidade de substituir os produtos químicos. Ademais, possuem alta eficácia nutricional. Os exemplos mais comuns de fertilizantes orgânicos que podem ser usados nas lavouras são: dejetos de animais, vinhaças, tortas de filtro e compostos orgânicos. 

Remineralizadores do Solo

A Embrapa e o Ministério da Agricultura incentivam a prática desse manejo utilizando minerais que passaram por processo físicos e podem beneficiar o solo. Temos, como exemplo, o uso de calcário agrícola, o gesso mineral, gipsita, além de algumas rochas silicáticas e fosfáticas. Outra vantagem é a redução da importação da matéria-prima, proporcionando nutrição sustentável às lavouras brasileiras. 

E aí, gostou do conteúdo? Veja o nosso portfólio e entre em contato com a gente! Para ficar por dentro de novos conteúdos e informações importantes acerca desse tipo de assunto, acompanhe o nosso Instagram, LinkedIn, ou entre em contato através do nosso e-mail marketing@agrha.com e agende uma conversa conosco

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Preparado para a mudança?

Rua Passo da Pátria, n° 156 - Sala 452 Bloco D
São Domingos - Niterói - RJ

(21) 96686-9176

A Agrha Consultoria é uma instituição
SEM FINS LUCRATIVOS

Copyright © 2020 Agrha Consultoria