Blog

Hidroponia: o que é e como funciona?

hidroponia sistema de cultivo sem utilizar solo
É possível criar plantas sem terra? Conheça mais sobre a hidroponia, seus benefícios e os tipos de cultivos indicados.

Atualmente, grande parte dos brasileiros se esforça para manter uma alimentação saudável, buscando consumir produtos mais frescos e ricos em nutrientes. Segundo dados de uma pesquisa divulgada pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), oito em cada dez brasileiros afirmam que se esforçam para ter uma alimentação saudável e 71% dos entrevistados apontam que preferem produtos mais saudáveis.

Parte das pessoas que tentam se alimentar de forma mais saudável se preocupa em consumir alimentos que tenham uma menor quantidade de agrotóxicos. Entretanto, só em 2019 o Brasil liberou o uso de mais 439 desses agroquímicos. Assim, há quem prefira investir na compra de produtos orgânicos ou no cultivo da própria horta. Algo que, com a hidroponia, pode ser feito mesmo em espaços reduzidos.

Mas é possível criar plantas sem terra? Não só é possível como as plantas também crescem melhor e mais rápido dentro dessa metodologia. Muitos dos alimentos que consumimos em nosso dia a dia já são cultivados de forma hidropônica.

O que é hidroponia?

A hidroponia foi muito usada durante a Segunda Guerra Mundial para abastecer tropas alocadas em ilhas ​​no Pacífico, já que estas possuíam pouco terreno para plantio, então, através de sistemas hidropônicos, foi possível o cultivo de produtos frescos nesses locais. Apesar de antiga, somente nas últimas décadas esta técnica começou a ganhar destaque no mercado.

Hidroponia, do grego, água (hidro) e trabalho (ponos), é o nome dado a um sistema de cultivo de plantas caracterizado por não precisar de terra (solo). Dessa forma, o solo é substituído por uma solução aquosa que contém apenas os elementos minerais indispensáveis aos vegetais. Assim, a produção aumenta, e a qualidade dos produtos também, já que os nutrientes são balanceados e controlados naquele meio.

Na hidroponia, existe também a possibilidade de cultivar plantas sem a necessidade do sol, o chamado de cultivo “indoor”. Esta técnica se dá através de lâmpadas especiais onde a luz necessária é fornecida de forma “artificial” para as plantas. Por isso, essa metodologia se faz sustentável e muito eficiente, por permitir que o produtor dê a dose correta de sol, água e proteção ao seu cultivo.

Vantagens

Conheça as vantagens que a hidroponia proporciona:

  • Menor quantidade de mão-de-obra: isso porque inúmeras práticas agrícolas não são necessárias e outras, como irrigação e adubação, podem ser automatizadas;
  • Não é necessária rotação de cultura: como a hidroponia se cultiva em um meio limpo, pode-se cultivar sempre, a mesma espécie vegetal;
  • Maior tempo de prateleira: os produtos hidropônicos são colhidos com raiz e, por isso, duram mais na geladeira;
  • Alta produtividade e colheita precoce: isso porque fornece às plantas boas condições para seu desenvolvimento. Assim, não ocorre competição por nutrientes e água. Além disso, as raízes, nestas condições de cultivo, não gastam energia demais para crescer, antecipando o ponto de colheita e aumentando a produção;
  • Elimina o uso excessivo de pesticidas e fertilizantes: considerando que a maioria das pragas vive no solo, não se faz necessário o uso destes, o que torna o ar, a água, o solo e os alimentos mais limpos;
  • Pode ser realizado em qualquer local: uma vez que seu cultivo independe da terra, pode ser implementado mais perto do mercado consumidor;
  • Plantio o ano todo: a agricultura é uma atividade que depende das condições climáticas. Quando uma chuva torrencial acontece, a produção pode ser colocada em risco. Porém, na hidroponia, é possível fugir dessas situações, plantar e vender durante todos os meses, pois o ambiente é protegido.
Cultivos nos quais a hidroponia é indicada

Como em outras formas de cultivo, na hidroponia, é necessário respeitar as características de cada espécie para garantir a qualidade e manter o ritmo da produção. Por isso, conheça agora algumas espécies que se adaptaram melhor ao cultivo hidropônico no Brasil:

Alface

Por ser uma verdura de pequeno porte, é possível cultivar em alta densidade, isto é, uma pequena propriedade pode ter uma produção em larga escala. Já, para quem deseja cultivar a alface hidropônica em locais menores e fazer a sua própria horta orgânica em casa, a melhor opção é encontrar um espaço coberto com boa entrada de luz.

Morango

O morangueiro é uma das principais plantas cultivadas em Hidroponia, perdendo importância somente para a alface. Desta forma, o cultivo de morangos em hidroponia é muito similar ao de alface. Além disso, é possível produzi-lo sem a contaminação por fungos e ainda adotar a fertirrigação, caso ela seja necessária.

Além destas espécies principais, na hidroponia, é possível o cultivo de: rúcula, feijão-vagem, repolho, couve, salsa, coentro, melão, pepino, berinjela, pimentão, tomate, arroz, forrageiras para alimentação animal, dentre outras.

E aí, gostou do conteúdo? Veja nosso portfólio e faça seu diagnóstico gratuito! Para ficar por dentro de novos materiais e informações importantes acerca deste tipo de assunto, acompanhe o nosso Instagram e LinkedIn, ou entre em contato através do nosso email marketing@agrha.com e agende uma conversa conosco!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Preparado para a mudança?

Rua Passo da Pátria, n° 156 - Sala 452 Bloco D
São Domingos - Niterói - RJ

(21) 96686-9176

A Agrha Consultoria é uma instituição
SEM FINS LUCRATIVOS

Copyright © 2020 Agrha Consultoria