Blog

Pragas na colheita: saiba como evitar

A  Agricultura Orgânica é um processo de produção agrícola que visa a restauração e manutenção da biodiversidade e, consequentemente, a não utilização de defensivos químicos. Com isso, um dos grandes desafios dos agricultores é garantir, de maneira sustentável, que sua a colheita esteja protegida de pragas indesejadas que possam vir a prejudicar plantações inteiras e, consequentemente, causar um grande prejuízo econômico.

Portanto, ao mesmo tempo em que a Agricultura Orgânica era difundida pelo mundo, também surgiram práticas naturais e tecnologias que visavam proteger os cultivos de diferentes doenças e pragas. Contudo, para o sucesso da atividade, é fundamental que o produtor saiba quando e como aplicar tais técnicas.

Dicas para evitar o aparecimento de pragas

O controle de pragas na colheita, sem a utilização de defensivos químicos, está totalmente relacionado ao cuidado diário da plantação, tendo em vista que é necessário ter o pleno conhecimento do estado do solo e de tudo que é plantado no local. No entanto, algumas dicas podem auxiliar a, não só eliminar os indesejados invasores, mas também evitar que eles apareçam.

  1. Esteja de olho na plantação: como dito anteriormente, é muito importante que o produtor esteja regularmente em contato com o seu plantio. Dessa maneira, é possível notar sinais de pragas e de que as plantas estão infectadas e, assim, isolá-las do resto da produção para que o problema não se espalhe.
  2. Controle biológico: o controle biológico é uma das técnicas mais utilizadas na agricultura orgânica por ser eficiente e não causar danos ao meio ambiente e muito menos à plantação. Trata-se da utilização de inimigos naturais para o controle das pragas agrícolas, que podem ser insetos, predadores ou microorganismos.
  3. Rotação de cultura: além de preservar as boas condições físico-químicas do solo e mantê-lo saudável, a rotação de culturas pode também evitar o aparecimento pragas na colheita. Isso ocorre porque a fixação desses fatores maléficos às plantas acaba sendo dificultada, já que há a alternância dos tipos de vegetais.
  4. Cuide bem do solo: um solo bem cuidado, com a quantidade correta de nutrientes e de água dificulta ainda mais o aparecimento de invasores. Portanto, é importante ter atenção ao estado do mesmo.
  5. Elimine as ervas daninhas: essas plantas indesejadas podem ser perfeitas para o desenvolvimento de doenças e pragas. Portanto, é importante sempre que possível eliminá-las.
  6. Tenha um quebra-vento: o quebra-vento pode ser simplesmente um canteiro, que além de minimizar o impacto das correntes de ar, também dificulta a chegada de pragas nas plantações.
  7. Utilize vegetais repulsivos e inseticidas naturais: existem algumas plantas que possuem um odor com a capacidade de repelir, controlar e eliminar parasitas, como é o caso do Manjericão, alho, cebola, hortelã e citronela. 
  8. Cobertura morta: a cobertura morta é uma camada de material colocada sobre o solo que contribui para a melhoria da qualidade do solo e que também pode ajudar na prevenção do aparecimento de pragas, já que diminui a quantidade de matéria orgânica armazenada no solo. Pode-se utilizar como cobertura morta materiais como serragem, lascas de madeira e capim seco.
  9. Inseticidas orgânicos: existem vários tipos de inseticidas orgânicos caseiros e que podem servir para diversas finalidades, no entanto, é necessário ter o conhecimento do que e como utilizar para cada caso.

E aí, gostou do conteúdo? Veja o nosso portfólio e entre em contato com a gente! Para ficar por dentro de novos conteúdos e informações importantes acerca desse tipo de assunto, acompanhe o nosso Instagram. Ou entre em contato através do nosso e-mail marketing@agrha.com e agende uma conversa conosco!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Preparado para a mudança?

Rua Passo da Pátria, n° 156 - Sala 452 Bloco D
São Domingos - Niterói - RJ

(21) 96686-9176

A Agrha Consultoria é uma instituição
SEM FINS LUCRATIVOS

Copyright © 2020 Agrha Consultoria