Blog

Apicultura: sem abelha, sem alimento

a importância das abelhas na agricultura e a apicultura
Muito além do mel, sabe qual a importância da apicultura na agricultura?

Já parou para pensar sobre a importância das abelhas em âmbito econômico, social e ambiental? Sabe como a apicultura pode colaborar para uma maior produtividade na agricultura local? A ação da abelhas vai além da produção de mel. Tem papel fundamental na polinização, preservação da biodiversidade e ainda atuando como fonte de renda para agricultores.

No Brasil, são produzidas 50 mil toneladas de mel por ano e cada habitante do país consome somente 120 gramas no mesmo período. Este valor é pequeno comparado a Europa onde são consumidos 1,5 quilos de mel por ano. Porém, houve um aumento da procura pela apicultura no país. Agricultores têm buscado a atividade com o objetivo de melhorar seus pastos e cultivo de culturas, a partir da polinização das abelhas.

Isto porque as abelhas respondem pela polinização de mais de 50% das plantas das florestas tropicais e podem chegar a polinizar mais de 80% das espécies vegetais. Por isso, a apicultura é uma forma eficiente de reduzir o uso de agrotóxicos em sua produção e, além disso, promove renda para agricultura familiar local. Sem a ação das abelhas, muito possivelmente não seria possível ter uma polinização eficiente e não existiria a produção de alimentos.

O que é a apicultura?

A apicultura é umas das atividades mais antigas do mundo, porém, no início, sua exploração foi feita de forma rudimentar, onde enxames inteiros foram destruídos na colheita do mel. Esse modo de extração dificultava o trabalho dos agricultores, já que era preciso refazer as colmeias todo ano. Além disso, nesta apicultura rudimentar morriam diversas abelhas trazendo graves consequências para o ecossistema local.

A apicultura se tornou rentável para agricultores rurais. Isso porque não exige grandes espaços de terra, não polui e nem destrói o meio ambiente e, ao mesmo tempo, as abelhas são excelentes agentes polinizadores. Além disso, a apicultura é uma das poucas atividades agropecuárias que preenche todos os requisitos necessários para ser considerada  sustentável. Isto porque gera impactos positivos no âmbito social, econômico e ambiental.

Importância da apicultura na agricultura

A relação da apicultura com as práticas agrícolas têm um caráter complementar, por isso beneficia tanto as abelhas quantos os agricultores e até mesmo a natureza do local. Destes benefícios se destacam a polinização, a preservação do ecossistema e além disso, oferecem renda extra para a agricultura familiar do local.

1) Polinização

A polinização é o processo que garante a produção de frutos e sementes. Isto acontece pela transferência de grãos de pólen de uma flor masculina para uma feminina. Esse transporte do pólen pode acontecer de duas formas: por fatores bióticos ou abióticos. O primeiro fator se caracteriza pela interferência da ação dos seres vivos como o homem e as aves, e o segundo fator é identificado pela ação de agentes da natureza como por exemplo o vento, água e a radiação solar.

As abelhas são os principais agentes polinizadores da natureza, sendo responsáveis por 75% da polinização das plantas cultivadas e utilizadas na alimentação humana, segundo dados da ONU. Em sua tarefa diária de colher alimentos, as abelhas voam sobre uma flor de estrutura masculina e se esfregam no seu pólen. Logo após esta etapa levam este pólen para outra flor de origem feminina, fecundando-a, e este processo é chamado de polinização.

Por isso, sem o trabalho das abelhas a polinização aconteceria de forma lenta, ou não aconteceria no caso de algumas espécies de plantas, e por consequência, as plantas não seriam fertilizadas  e não existiria a geração de sementes e frutos. Quando não há a evolução da semente não nascem novas plantas e por isso não seria possível a produção de alimentos. Com isso, a apicultura tem papel fundamental na alimentação diária dos brasileiros e deve ser usada de forma colaborativa com a  agricultura.

2) Preservação da Natureza

A natureza também sai ganhando com a expansão da apicultura. Com a ação das abelhas na polinização é possível que a fertilização nas matas e florestas aconteça. As árvores têm papel essencial na existência dos rios e nascentes, isto porque são as bacias florestais e as zonas úmidas das florestas que fornecem 75% da água doce acessível do mundo.

As matas ciliares, matas que crescem nas margens de rios e lagos, por exemplo, são de extrema importância para o meio ambiente pois são fontes de alimentos para os seres vivos presente neste local e também garantem a filtração e limpeza dos recursos hídricos. Com isso, sem a apicultura próxima a estas áreas não haverá a polinização ideal e esses recursos da natureza podem não ser polinizados o que agrava a sua existência.

3) Fonte de renda para a agricultura familiar

Com os produtos das abelhas como o mel, o extrato de própolis, a geleia real e a cera é possível que haja a venda e comercialização destes excedentes gerando fonte de renda para os agricultores locais. O setor apícola nacional faturou mais de R$470 milhões em 2016 e segundo dados do IBGE, as exportações superaram 24 mil toneladas, já que tem boa aceitação no exterior, principalmente, na Europa.

Impactos dos Agrotóxicos

Com o objetivo de livrar as plantações da ação de pragas, ervas daninhas e possíveis doenças, os agrotóxicos são usados diariamente na agricultura brasileira. Porém, mesmo quando utilizado em pequenas doses não letais, pode encurtar a vida de uma abelha em até 50%, segundo estudo da  Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

O uso de inseticidas pode ter efeito contrário, pois na tentativa de melhorar a produtividade da plantação acarreta na morte das abelhas. Com isso impede que esses agentes façam seu trabalho de polinização diminuindo drasticamente as chances de existir um fruto saudável, trazendo prejuízos na hora da comercialização da colheita.

Por isso, optar por um controle biológico é a opção mais sustentável e não colocará em risco a vida destas abelhas. Este controle consiste em utilizar inimigos naturais para controlar pragas agrícolas, como insetos, predadores ou até bactérias e fungos.

Quer investir em apicultura na sua produção agrícola? A Agrha Consultoria realiza projetos personalizados de ambiência animal e produção agrícola sustentável. Veja o nosso portfólio e entre em contato com a gente!

Para ficar por dentro de novos conteúdos e informações importantes acerca desse tipo de assunto, acompanhe o nosso Instagram, ou entre em contato através do nosso email marketing@agrha.com e agende uma conversa conosco!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Preparado para a mudança?

Rua Passo da Pátria, n° 156 - Sala 452 Bloco D
São Domingos - Niterói - RJ

(21) 97253-6974

A Agrha Consultoria é uma instituição
SEM FINS LUCRATIVOS

Copyright © 2020 Agrha Consultoria