tomates

Agricultura mundial pode ser revolucionada com invenção japonesa

Invenção de professor japonês permite a plantação em qualquer ambiente e com menos água

Arthur Nogueira

março 20, 2020

Uma invenção japonesa do professor universitário , Yuichi Mori, promete ajudar a resolver alguns problemas atuais da agricultura e que certamente poderão se agravar futuramente, como a questão hídrica e ofertas de locais propícios ao plantio de alimentos essenciais à dieta humana. Isso porque ele desenvolveu uma tecnologia que permite o cultivo de plantas baseado na substituição do solo por uma membrana de hidrogel que originalmente era utilizada para tratamento médico de rins humanos.

Os legumes e verduras são produzidos não em cima de solos, mas por cima de uma película transparente e impermeável de polímero à base de hidrogel. Esse filme de polímero contém vários poros minúsculos por onde o hidrogel armazena água e os nutrientes importantes para a evolução do vegetal, com isso as plantas crescem em cima do filme e as raízes crescem para os lados. Essa película hidrofílica permite a passagem dos nutrientes e da água, porém, não permite a passagem de bactérias, vírus e fungos, protegendo esse cultivo de várias doenças e minimizando o uso de defensivos agrícolas.

Além de ser um sistema simples e mais portátil de hidroponia, essa tecnologia diminui cerca de 80% da utilização de água em comparação com a agricultura tradicional, o que facilita o plantio em locais secos como desertos que sofrem com a disponibilidade de água. Em decorrência dessa menor disponibilidade de água, o estresse hídrico proposto pela membrana de hidrogel induz algumas culturas como o tomate a sintetizar maiores quantidades de açucares e de outros elementos benéficos, deixando o produto mais doce e nutricional.

Com o sucesso da utilização dessa tecnologia em locais praticamente inóspitos para a agricultura, como Dubai, Yuichi Mori criou a empresa “Mebiol”, com o intuito de comercializar a membrana de hidrogel que já tem patentes registradas em mais de 120 países. Esse cultivo em polímeros já é utilizado no Japão e em regiões desérticas como o Oriente Médio, e promete ajudar muito na construção de áreas agrícolas em locais que anteriormente seria muito difícil sua realização.

 

 

Para ficar por dentro de novos assuntos e informações importantes acerca desse tipo de assunto, acompanhe o nosso instagram, ou entre em nosso site para saber mais sobre a Agrha Consultoria.